19 setembro 2011

Voracious...

Roubada daqui



Mãos que passeiam e incendeiam recantos...
e, nos cantos mais recônditos, erguem-se os poros lânguidos,
sequiosos, aflitos...
cuja vontade de ti,
se volve frenética e, na tua gula se lambuza...
no meu desejo se funde e explode,
se consome e grita de fome...
no instante em se sacia!

10 comentários:

Moi disse...

Na voracidade das palavras a intensidade de um sentimento profundo, o teu...



Beijo em ti!

Stargazer disse...

É na voracidade da tua escrita, arrebatada pela paixão que arde no teu peito que me arrastas, em suspiros incontidos, pelas palavras que eternizas aqui!

Beijo trilhado, nas Lendas da (tua) Paixão,

Pedro Ferreira disse...

Que belos rasgões! :)

Venus in red disse...

Moi

Palavras reveladoras de um sentir... detentoras do spotlight ou subliminares... de acordo com o que o momento apela... ;)





Basium
(na ribalta)

El Solittario disse...

gosto de ti assim,,,
devoradora!
quente e intensa como só tu sabes,,,
;)



um beijo,,,
[com cuidado]

Venus in red disse...

My Star

A escrita é incendiária...
A combustão, o que o peito dita...
O rastilho, as mãos e o sentir...
Uma lenda Viva, que se alimenta do arrebatador estado!








Basium
[(in)saciado]

Venus in red disse...

Pedro Ferreira

... na pele!
;)





Basium

Venus in red disse...

El

Também gosto (de mim) assim! ;)
Frenética, sequiosa... intensamente sentindo!





Basium
(in white)

Fogo disse...

Gostei...

Venus in red disse...

Fogo

Gosto, que tenhas gostado! ;)





Basium