24 dezembro 2009

Natale Hilare




Votos de Bom Natal para todos...


Venus e Eros

22 dezembro 2009

Sou feita...

Roubada daqui

... de reflexos!
A alma e a carne misturam-se, quando me mexes
Calma ou desenfreadamente,
Num murmúrio
ou grito sonoro...
fazes-me água...
Eu, que antes era fogo, apago-me no teu regaço...

15 dezembro 2009

Ser Mulher...

Roubada daqui



... é um estado de alma!


Mulher é uma aguarela com tintas misturadas, sombras difusas e traços feitos com paixão ordenados no caos...


Parece confuso...
Não é!


Ser Mulher é ser-se isto e, mil coisas diferentes, casualmente postas ali...
Para os mais distraídos, é concerteza uma teia, com os fios emaranhados, na labuta de quem edifica o espirito...


Mulher é mais que isso...
É tudo, nada, sempre e agora... porque amanhã é longe demais!
É púrpura, pálido, sorriso rasgado e lágrima morna!
É o imediato, o germinar, a força e a vontade!


Mulher é Fenix, dragão, pétala e porcelana!


Mulher tem a complexidade na alma e a praticidade no corpo.
Vulnerável no sentir, abstrata nos gestos, afável num abraço mas capaz, intensa e sublime!



Mulher é inefável e indelével...
... Mulher é um estado de alma!



03 dezembro 2009

Assim...

Roubada daqui



Num sussurro o despertar,
No olhar, veleidades em tons purpúreos...

Sabes-me a sol e a sal, a miragem e a desconhecido...

Na tua boca, madrugadas de quimeras
Dos teus dedos fogo, suor e Valquiria em bailado

27 novembro 2009

Felina

Roubada daqui

Sinto a noite na pele,
e o capricho na lingua...

Sou predadora de ti!

Espreito e não te vejo
Procuro e não te encontro...

Se te descobrir, trepo-te sem ânsia
e rasgo-te devagar...

24 novembro 2009

O Beijo e o desejo...


Não te beijo e tenho ensejo

Para um beijo te roubar;

O beijo mata o desejo

E eu quero-te desejar.

Porque te amo de verdade,

'stou louco por dar-te um beijo,

Mas contra a tua vontade

Não te beijo e tenho ensejo.

Sabendo que deves ter

Milhões deles p'ra me dar,

Teria que enlouquecer

Para um beijo te roubar.

E como em teus lábios puros,

Guardas tudo quanto almejo,

Doutros desejos futuros

O beijo mata o desejo.

Roubando um, mil te daria;

O que não posso é jurar

Que não te aborreceria,

E eu quero-te desejar!

António Aleixo, in "Este Livro que Vos Deixo..."

20 novembro 2009

19 novembro 2009

Mudanças...




A partir de hoje pintar-me-ei de vermelho...


Venus in red...


16 novembro 2009

Vislumbre


Muitas vezes mais prazeroso que o proprio sexo, pelo reflexo do desejo louco, sentido nesse momento imediato!

Delírios de Baco

Roubada daqui.

Estou sedenta...

Posso provar-te?


12 novembro 2009

beauty speechless


Sempre senti uma forte atracção pelo corpo feminino, enquanto conceito de beleza pura.
Noutra vertente, aprecio enérgicamente a beleza da lua... seus raios tocando leve e suavemente a pele, foi algo que despertou em mim uma tesão na alma, algo extravagante...

09 novembro 2009

Quero...



Quero que apareças sem avisar...
Sem me aperceber da tua presença, até ao momento em que me agarras com força, seguro da tua vontade...
Quero que provoques um rastilho de desejo e me inflames a pele!
Quero sentir a volupia dos sentidos em alerta...
Quero desaguar e transcender-me em ti num grito uníssono e indelével...
Quero...

05 novembro 2009

To Eros with love



" ... Debaixo dos caracóis dos seus cabelos
Um soluço e a vontade
De ficar mais um instante... "

03 novembro 2009

O nosso primeiro passo...




Queremos dar as boas vindas a todos quantos nos queiram presentear com a sua visita!

A todos os que praticam sem pudor, o voyeurismo dos sentidos, sintam-se em casa, no terraço do Olimpo!

A quem apetecer deixar o rasto da sua presença, faça-o, que teremos muito prazer em partilhar o néctar dos deuses com os convidados!

Sobretudo, o que almejamos é partilhar sem pretenções!

Venus e Eros