27 setembro 2011

De manus...






leve,
tão tensa,
como intensa,
e intencional(mente),
percorro a tua silhueta…

sem contacto,
sem toque,
planando….

… para já…

Repleta de querer,
percorro a tua sombra…
atiço o sentir da tua tez,
ainda,
sem contacto,
mas sentes-me ali…
sentes o arrepio frio da fina fatia de ar tórrido que me separa de ti…
qual fina almofada de ar que tantas emoções magnetiza…

e mexes-te,
serpenteias,
procuras-me
…fujo!

não…
ainda não…

plano sobre ti,
e contorno,
e lanço flechas de querer sobre todos os poros a que dou sombra

Inquieto-te
provoco-te
mexo-me…
e plano…

…Finalmente,
abafo a fina camada de nada que me separava de ti
aconchego-te,
toco-te,
e de cada dedo meu desce sobre ti o tremor de mil quereres,
o calafrio quente de cada arrepio,
o contido estremecer das tuas ânsias
que agarro,
exploro,
uso,
abuso
e
toco-te
e
levo-te
em carícias de medusa sôfrega
ao nosso momento…

e,

volto a planar,
em suada paz
sobre ti…


Ele escreveu...
(e, escolheu a música mais adequada... a nós!)
o deleite é meu!
Nosso!...

Amo-TE! Mais e mais...
[CAC]



35 comentários:

Stargazer disse...

Ahhhhhhhhhhhhh!

É tudo o que me sai ao ler-vos. As palavras fogem-me, presas à emoção que transpira deste momento, tão vosso.

Obrigada por me deixarem ser cúmplice do vosso Amor!

Beijo rendido,

Moi disse...

Venus,

Lindo!
Profundamente sentido, escrito e partilhado...
Saborear cada momento desta forma não é para todos os mortais!



Beijo feliz (por vós)

Pedro Ferreira disse...

Gostei deste erótico serpentear...

Stargazer disse...

P.S. Esqueci-me do mais importante (ou quase)...

Diz-lhe a ele que o felicito pelo bom gosto. Este slow dos Foreigner é talvez das músicas mais bonitas que alguma vez se escreveu!

Beijo deliciado,

Felina disse...

Feérico...

Venus in red disse...

Star

Momentos, tão deslumbrantes e arrebatadores quanto as palavras aqui suspiradas, indiciam...

Quanto à música... é de facto belíssima e, foi escolhida a dedo, totalmente enquadrada, com momentos nossos, que se sentem, assim...
"You're so good, when we make love it's understood
It's more than a touch or a word can say
Only in dreams could it be this way
When you love someone, yeah, really love someone" :))

A ti, minha querida... desejo que sejas cúmplice e alvo de contágio! ;)






Basium
(in Heaven)

Venus in red disse...

Moi

Não sei se é para todos...

Sei, que me viciei, deixando as emoções fluírem e... florirem!
Sinto-as em modo in/outside e, isso é... profundamente delicioso! ;)






Basium
(feliz)

Venus in red disse...

Pedro

Um serpentear que desnorteia...
Rouba-me o ar... enchendo-me o peito e a pele... ;)
Arrepios...






Basium

Venus in red disse...

Felina...

Há muito tempo, que não via esses olhos lindos, no Olimpo! :)

Sim... magníficos dotes (literally)! :)
Os da escrita, até agora, desconhecidos (para mim), revelaram-se absolutamente fantásticos...
Amei!
:)






Basium

Felina disse...

Quanto ao teu comentário magnifico como sempre, entendo o que sentes e sinto à distancia a tua felicidade... tu mereces... a felicidade dos outros tem o condão de emocionar

Venus in red disse...

Minha querida...

... sabendo que entendes, porque isso nota-se em cada palavra que escreves, deixo-te um beijo sentido... no teu coração, que pulsa...
:)






Basium
(venusiano)

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Gostei de te ler... quem sabe 'temos' aqui uma poeta em potência.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Vénusamiga

Chego aqui – e vários blogues me levaram a isso, benditos sejam, principalmente os da Felina – e gosto; palavra que gosto. Se não gostasse ou me calava ou dizia que… não gostava. Sou um ancião, virgem (completei 70 aninhos no dia 20 deste mês), marido, pai e avô, louco militante e escriba praticante.

Acabei de publicar na nossa Travessa um testículo com x, INTERDITO a Senhoras, a menores e até a cavalheiros da mais esmerada educação. É um tanto brejeiro e pode ferir a susceptibilidade ou até mesmo o pudor de quem se atreva a lê-lo. Intitula-se A garrafa e os copos. Dele me permito transcrever um passo dos mais inocentes.

“Ela, muda e febril, deixou-se levar, estendeu-se na cama, ele perguntou-lhe posso pôr-lhe o instrumento, refiro-me, claro, ao termómetro, no sovaco? Nata, sem uma palavra, desatou o nó do cinto do roupão, abriu-o um pouco, a camisa de noite não ocultava nada, quando ele se inclinou para tirar a temperatura, os bicos dos seios fugiam da prisão diáfana.”

Repito o alerta: é IMPRÓPRIO para consumo. Depois, não digam tu e a tua malta que não avisei.

Qjs = queijinhos = beijinhos

Libertya... disse...

Já me perdi hoje neste teu post vezes sem conta... e qual cumplice, tenho sorrido, rejubilado com a tua felicidade, e sentido grata por poder testemunhá-lo Vénus.

A vida é uma caixinha de surpresas, e tu mereçes que seja envolta em cetim escarlate e tão brilhante, desembrulhada calmamente mas de forma intensa e arrebatadora!

A torcer por ti... de alma e coração! :)


Beijinho
( muito, mas mesmo muito feliz por ti)

Venus in red disse...

Salvete ► JOTA ENE ◄ !

Obrigada! :)
Em relação a este post, teremos UM potencial poeta... foi Ele que pegou na pena e, nos inquietou a pele... ;)






Basium

Venus in red disse...

Salvete Henrique ANTUNES FERREIRA!

Obrigada, pela frontalidade e essa generosidade que colocou nas palavras!
Confesso que, muita satisfação me causou, esta sua visita... portentosa presença, cuja dinâmica e alegria, se espalhou nos mais recônditos cantos do Olimpo!

Mas... não devia ter deixado alertas e interdições, tão flagrantes... fiquei com a aguçada curiosidade de aprendiz e, leitora sôfrega... vou a correr espreitar, ignorando os avisos...! :)


Por cá, no Olimpo... deixam-se beijos, assim:






Basium

Venus in red disse...

Libertya, querida!

Quem rejubila, sou eu... por te ver por cá, novamente! :)
Saudadinhas... sabes?!

Conheces(me)... sabes(me)... sim, estou assim... feliz! Sentindo, aprendendo, abarcando tudo, não deixando nada por Viver... deixando-me prender nesses laços escarlates!

Torcemos juntas, coração... eu por ti, também! Com muita força e gana!


Aquele beijo (nosso)...







Basium
(boomerang)

spiritus disse...

Vénus,

A ti...
obrigado por me inspirares...
obrigado pelo deleite...
e,
obrigado e pela publicação.

Com um closing down assim... escrever(te)ei pela vida fora, mais e mais apaixonadamente!
CAC

A todos os demais Suspiros...
Obrigado pelos serpenteantes elogios que me arrepiaram e
inspiraram (mais) as mãos...
e a pena...

Só esta Deusa me levaria a tal Olimpo...

Basium
(de manus)
;)

Venus in red disse...

Spiritus

Ainda bem que vieste... esperava(te)...
esperar-te-ei pela vida fora... mais e mais...
CAC!

Já sabes que... os agradecimentos, devemo-los ao universo... e, à convergência de projécteis... ;)

Que nos inspiremos...
mãos
e pena
corpo
e alma
pele
e coração pleno...

que não seja imortal,
posto que é chama...
mas que seja infinito,
enquanto dure...

Luv U!






Basium
(de manus)

1manview disse...

Bonita, expressão escrita de amor ...

Canção fantástica para brincar com, sua palavras ...

Um obrigado por compartilhar ....

Um beijo ....

LEO disse...

Boa semana pra vc!
Bjsss molhados
LEO


Eu que não me sento
No trono de um apartamento, com a boca escancarada
Cheia de dentes (na frente do meu Lap)
Esperando a morte dos blogues chegar...
E você???

OPINE no
seximaginarium.blogspot.com

Venus in red disse...

1manview

Bonita emoção que salta, das e para além, das palavras...

A canção... bom, a canção e o seu encaixe particular neste post e, nas nossas vidas, é flagrante e terrivelmente cúmplice... ;)

Obrigada nós, pela leitura cuidada!






Basium

Venus in red disse...

Salvete LEO!

Um pouco tarde (por falta de tempo e, não de vontade), agradeço os votos e retribuo...

Li o texto e acabo por concordar... a preguiça é mestre, nestas andanças! Sobrevivam os melhores, então... ;)







Basium

Venus in red disse...

Moi

Não faço ideia do que aconteceu ao teu comentário! Certo é, que ele não consta na minha caixa de e-mail's, tendo sido visto apenas, pelo autor do texto, no seu próprio e-mail... :(

Reproduzo-o ipsis verbis:

Venus,
Quando digo que não é para todos, falo por experiência própria... não é para todos.

Por isso, aproveita cada segundo desse "vicio" como se fosse o último, porque eles não voltam, "nunca" mais.
(as aspas na palavra é apenas porque não gosto de a usar, mas aqui é pertinente!)




Beijos em ti!
(torcendo pela eternidade...)


A ti, respondo que sim, tenho a consciência do quão raro e preciso, é este sentir... passo a vida a dizê-lo!
Em mim, é-o seguramente!
Por isso, me mantenho feliz nessa mesma convicção, decidindo Vive-lo, mais e mais... a cada dia que passa!

Infinitamente... :)






Basium
(

Venus in red disse...

Moi

Duas rectificações[é o que dá carregar no botãozinho errado... :)]

*raro e PRECIOSO

*Basium
(viciado)

Moi disse...

Venus,
Provavelmente deve ser esse virus que anda por ai nos blogues. Porque acho que me aconteceu em mais blogues... coisas da tecnologia! ;)

Obrigado por reproduzires! :))


E como diz um amigo comum: vive-te!





Beijo feliz

DoiSaboresELA disse...

Desejo-te muita felicidade... É tão bom poder "ler-vos" e sentir a força do que estão a viver.
Um beijo meu :)

Venus in red disse...

Moi

Obrigada a ti, pelo carinho!

Sim, Vivo(me)!
... ele é que sabe! ;)






Basium
(Vivo)

Venus in red disse...

DoiSaboresELA

Obrigada, querida! Mesmo! :)

Vocês são um grande exemplo de amor, união e cumplicidade... que assim sejamos, com esta força... 'till the end!

Cheers! ;)







Basium
(happy)

soft_inblue disse...

e é por post destes que vale a pena criar um blog!
Ele escreve igual a ti...(e isso arrepiou-me...)
um beijinho partilhado para os dois;)

Venus in red disse...

soft_inblue

Um blog, requer tempo para o alimento, que nem sempre conseguimos dar, mas, vale muitoooo a pena... sobretudo, em momentos destes! ;)

É verdade, ele escreve(me)... arrepiando(me)... sempre!

Planando, dá-me paz e desconcerta-me...
:)





Basium
[dos dois ;)]

Patife disse...

Palavras que meteram o Patife a meditar. Por vezes bem melhores que as que levam a me deitar. ;)

Venus in red disse...

Patife e meditar na mesma frase, é coisa, que confesso, nunca se me afigurou... :)

Boas meditações... em boas Manus... é o que desejo! ;)






Basium
(sem trocadilhos)

Litus disse...

Apenas uma simples nota:

aqui escreve-se, com qualidade.
Temos autora.
Devia ser obrigatória a sua leitura e estudo para adolescentes no âmbito do Plano Nacional de Leitura.
Aprendiam literatura, arte, sentimento e vida!

Obrigado pela tua força.
Segue!

Bjs

Venus in red disse...

Salvete Litus!

Este belíssimo texto, foi escrito por outras Manus... que planam e emanam... arte, sentimento e Vida!

Eu, sensibilizada... agradeço a minha cota, nesse elogio! :)
Gosto... que tenhas gostado do Olimpo!






Basium